quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Blusa Rosa com Crochê de Grampo|Linha Camila Fashion

Meninas pra quem estava esperando o restante das receitas que foram apresentadas no Programa Mulheres do dia 16/10 na Tv Gazeta, a Corrente postou e vamos compartilhar com vcs!

Bora Curtir! Esta Blusa foi feita com Linha Camila Fashion R$6,59



Criação e execução – Vilma Maurer para Coats Corrente 
Tamanho – 38/40
Material 
Linha Camila Fashion (nov. 500 m): 3 nov. na cor 00970 (rosa-antigo).
Ag. para crochê de aço niquelado Corrente Milward  de 2,00 mm
Grampo de 9 cm.
Abreviaturas e pontos utilizados
p. – ponto; ag. – agulha; nov. - novelo; carr. – carreira; j. – juntos; rep. – repetir; v. – vezes; arrem. - arrematar; 
trab. – trabalhar; a. – alça; a.j. – alças juntas; p.a. – ponto alto;  p.b. – ponto baixo; p.bx. – ponto baixíssimo; 
corr. – correntinha; p.b.r.f.p.t. – ponto baixo em relevo feito no fio de trás. 
Execução do crochê de grampo
Manipular o grampo
Trabalhar com as pontas do grampo voltadas para cima. Assim que o grampo estiver recoberto, 
desenfiar todos os fios, recolocar os 2 ou 3 últimos fios no grampo e continuar assim até o comprimento 
indicado nas instruções abaixo.
Atenção: o segredo do crochê de grampo é virar o grampo. Se você nunca fez um trabalho com grampo, 
exercite um pouco antes de começar para “pegar o jeito”.
O PONTO BÁSICO é o p.b. sobre 1 fio. As figuras 1 e 2 mostram como começar; as figuras 3 e 4, como 
fazer um p.b..
Figura 1: prender o fio na agulha de crochê como se fosse começar uma corr. Em seguida, fazer uma 
alça em torno do grampo: o fio sai da frente do grampo e passa por trás do grampo.
Figura 2: com a agulha de crochê, pegar o fio que está atrás das hastes do grampo e puxá-lo 
pelo p. que está na agulha. Agora vem o momento-chave desta técnica: girar o grampo da direita para a 
esquerda dando uma volta com o fio ao redor da outra haste do grampo. Para que o ponto não escape da 
ag., deve-se passar a haste da ag. por trás da haste de trás do grampo antes de realizar o giro do grampo. 
Girar a haste dessa maneira em todos os p. Em pouco tempo esse movimento torna-se automático. 
Figuras 3 e 4: fazer um p.b. sobre o fio de trás. Cuidado! Sempre manter os p.b. bem no centro do 
grampo para que as alças tenham o mesmo tamanho.
Atenção!  Fazer os p.b. com tensão bem regular, bem apertados.
Execução da blusa
Nota - usar fio duplo em todo o trabalho!
Costas: ela é composta de 4 tiras de 108 alças: fazer uma tira com 108 alças. No final, subir 6 ou 7 corr. 
conforme necessário, trab. *1 p.b., 5 corr.*, e rep. de *a*, prendendo as alças como se segue: *3 a.j. 4 v., 
12 a.j. 1 vez* e repetir de *a* até o final da tira; descer com corr. até o centro, prender com 1 p.bx., e descer 
para o outro lado, prendendo as alças de forma invertida, como mostra o diagrama. Ao trab. as corr. das 
laterais da tira, trab. da melhor forma possível para obter uma borda reta. Fazer um total de 4 tiras iguais a 
esta e uni-las entre si como se vê no diagrama de união. Na borda superior, executar o ombro como mostra o 
diagrama, trabalhando igual, em sentido contrário a partir do centro. No final da 6ª carr., arrem.
Frente: trab. igual às costas.
Barra: ela é executada transversalmente: montar 11 corr. e trab. 1 carr. em p.b. e depois siga fazendo os 
p.b. no fio de trás do ponto. A 120 carr. do começo, trab. fechar a barra em círculo com p.bx..
Montagem e acabamento
Unir frente e costas com a união, executando 3 corr. em vez de 2, fechando os lados e os ombros. Contornar 
toda a volta do decote e das cavas com 1 carr. de p.b.. Prender a barra com pontinhos à mão.
Dica: para outros tamanhos, basta trabalhar as tiras em grampo até a medida necessária, sempre em múltiplos 
de 12 e adaptar as tiras dos ombros.